205

O Ensino da Música na Era Digital: Usar o Filmora para a criação de vídeos musicais didáticos turma T2-23-24

Apresentação

Em cenários de aprendizagem cada vez mais digitais, é imperativo que os professores renovem e atualizem os próprios conhecimentos e práticas pedagógicas, adequando-os às novas exigências e perfil dos alunos, que hoje já são nativos digitais. Os conteúdos e recursos audiovisuais permitem criar novas dinâmicas comunicativas e interativas, com a utilização de recursos didáticos e pedagógicos apelativos, através da criação de vídeos que estruturam grandes volumes de informação numa narrativa compreensível, usando a imagem, o som, o movimento e a palavra. O objetivo deste curso é aplicar esta dinâmica às aulas de música, de educação musical e de instrumento. Para tal, propõe-se aos formandos criar vídeos didáticos musicais tendo por base a utilização do programa Filmora, que tem algumas caraterísticas que permitem melhor adequar a criação de vídeos didáticos à realidade das aulas de música. Assim, ao longo do curso, trabalha-se a forma como os professores das disciplinas musicais encaram esta ferramenta, e a sua capacidade de integrá-la, de forma oportuna, com as restantes ferramentas e estratégias pedagógicas que já utilizam. A finalidade é ajudar estes docentes a planear, criar e utilizar de forma pedagógica, os vídeos musicais, integrando-os na sua prática letiva e, ao mesmo tempo, envolvendo os seus alunos e preparando-os para utilizar este tipo de ferramenta para a criação do seu próprio portefólio de atividades musicais.

Destinatários

Professores de Grupos de recrutamento 250, 610, M01 a M45

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores de Grupos de recrutamento 250, 610, M01 a M45. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores de Grupos de recrutamento 250, 610, M01 a M45.

Objetivos

1. Reconhecer as potencialidades da utilização do vídeo como apoio à suas aulas musicais. 2. Entender o papel do vídeo enquanto recurso pedagógico. 3. Ser capazes de utilizar as funcionalidades básicas do programa Filmora para construir os seus vídeos musicais. 4. Criar um vídeo musical didático simples para utilizar no âmbito da sua disciplina.

Conteúdos

Módulo 1 | Utilização do vídeo enquanto recurso pedagógico: O impacto do vídeo na motivação dos alunos ; O papel do vídeo na transmissão de conhecimentos e conteúdos musicais ; Como utilizar o vídeo enquanto recurso pedagógico. Módulo 2 | Introdução ao Filmora: Apresentação do programa ; Exploração das funcionalidades básicas. Módulo 3 | A criação de um vídeo musical didático passo a passo: Planeamento do vídeo enquanto recurso didático; Criação dos conteúdos do vídeo ; Edição do material a inserir no vídeo ; Criação da versão final do vídeo.

Metodologias

Dinâmicas de grupo: · Pequenos debates que visam sedimentar conhecimentos e esclarecer quaisquer dúvidas que os formandos tenham acerca dos conteúdos do curso; . Criação e produção de um vídeo musical didático (atividade orientada e acompanhada pelo formador ao longo das sessões síncronas); · Métodos expositivo e demonstrativo (demonstração e utilização acompanhada de programas e ferramentas para construção de um vídeo musical didático).

Avaliação

Os formandos serão avaliados conforme estipulado na Carta Circular CCPFC -3/2007 da responsabilidade conjunta do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua e da Direção Geral dos Recursos Humanos da Secretaria de Educação: Excelente - de 9 a 10 valores; Muito Bom - de 8 a 8.9 valores; Bom - de 6.5 a 7.9 valores; Regular - de 5 a 6.4 valores; Insuficiente - de 1 a 4.9 valores

Bibliografia

COSTA, João Pedro da (2016). Da MTV para o Youtube : a convergência dos vídeos musicais. Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa D.L. Porto.DIAS-TRINDADE, Sara e MOREIRA, José António (2021). Educação digital para o desenvolvimento curricular e aquisição de competências transversais. Whitebookss. Santo Tirso.GORDON, Edwin E. (2015). Teoria de aprendizagem musical: competências, conteúdos e padrões. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa.NEJMEDDINE, Fouad e MOREIRA, José António (2016). O Vídeo como Dispositivo Pedagógico. Whitebookss. Santo Tirso.SILVA, Séfora (2016). Ensinar e Aprender com Tecnologias na Era Digital: Um script de aportes teórico-práticos. Whitebookss. Santo Tirso.

Formador

Francesco Luciani

Início: 29-04-2024
Fim: 27-05-2024
Acreditação: CCPFC/ACC-120640/23
Modalidade: Curso
Pessoal: Docente
Regime: e-learning
Duração: 25 h
Local: ZOOM