159

O TEATRO NO PALCO DA ESCOLA turma T1 23/24

Apresentação

O Roteiro de Educação Artística (REA), refere que a cultura e a arte são componentes essenciais de uma educação completa que conduza ao pleno desenvolvimento do indivíduo. Por isso a Educação Artística é um direito humano universal, para todos os aprendentes, (p.5). A expressão dramática/teatro configura-se como uma das artes com presença de pleno direito no currículo do 1º ciclo. Também no 2º ciclo o Teatro tem lugar, seja nos módulos referentes ao texto dramático, na disciplina de Português, seja nas propostas de diversificação de recursos, fazendo-se alusão às dramatizações como, por exemplo, uma das formas possíveis para apresentação de trabalhos ou como um recurso para projetos, entre outros. Tanto no 1º como no 2º ciclo, as atividades teatrais estão referenciadas nos documentos das Aprendizagens Essenciais, sendo uma forma privilegiada de conseguir concretizar as competências definias no documento do Perfil do Aluno à Saída da Escolaridade Obrigatória. Apesar destas referências nos documentos oficiais e reguladores da prática pedagógica, o teatro vive, muitas vezes, de forma tímida nas escolas. Tal facto deve-se, amiúde, à insegurança sentida por docentes que receiam o risco de atividades que não dominam em pleno. Daí a pertinência desta ação de formação, como um contributo importante para a avigoramento dos professores nesta área de expressão artística.

Destinatários

Professores do 1º ciclo (grupos 110, 120) e do 2º ciclo que lecionem a disciplina de Português (grupo 200, 210, 220)

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º ciclo (grupos 110, 120) e do 2º ciclo que lecionem a disciplina de Português (grupo 200, 210, 220). Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º ciclo (grupos 110, 120) e do 2º ciclo que lecionem a disciplina de Português (grupo 200, 210, 220).

Objetivos

- Compreender os princípios da educação artística e a contribuição da mesma para o desenvolvimento integral do aluno; - Capacitar os participantes para a aplicação de técnicas que abranjam os domínios preconizados nas AE de Expressão dramática/teatro; - Conhecer diferentes técnicas de abordagem da Expressão dramática/teatro; - Reconhecer a força criadora e transformadora da expressão dramática/teatro e a sua aplicação na educação; - Habilitar os participantes a integrar as expressões artísticas teatrais na planificação das atividades letivas.

Conteúdos

A organização das sessões segue a estrutura das Aprendizagens Essenciais, da seguinte forma: Sessão 1 - Introdução à ação; - A educação pela arte; - O teatro na educação. Sessão 2 - Identificar diferentes estilos de teatro, a partir de registos vídeo; - Conhecer o vocabulário específico do teatro. Sessão 3 - Distinguir teórica e experimentalmente, o jogo dramático, improvisação e representação. Sessão 4 - As especificidades formais do texto dramático; - Criação de um texto dramático. Sessão 5 - Experimentação e criação: o corpo e a voz; Sessão 6 - Experimentação e criação: o espaço e a criação de personagens. Sessão 7 - Experimentação e criação: produzir pequenas cenas, seguindo indicações. Sessão 8 - Planificação de atividades letivas com a centralidade no teatro (trabalho de grupo). - Apresentação dos trabalhos de grupo.

Metodologias

Sessões teóricas/práticas : - Introdução teórica ao tema da sessão ; - Atividade prática de acordo com o tema da sessão (a pares ou pequenos grupos); - Elaboração teórica sobre o processo experimentado Sessões plenárias síncronas e assíncronas 7 com a duração de 3 horas cada. Sessões plenárias síncronas para realização e discussão de trabalhos 1 com a duração de 4 horas

Avaliação

- Instrumentos de avaliação dos formandos e respetiva ponderação: - Participação nas sessões de formação (20%) - Realização das atividades práticas (50%) - Relatório final de reflexão crítica (30%) - De acordo com o Art 46º do ECD em vigor e as orientações das Cartas Circular CCPFC-3/2007 e CCPFC-1/2008, os formandos serão avaliados com a menção qualitativa de: - 1 a 4,9 valores - Insuficiente - 5 a 6,4 valores - Regular - 6,5 a 7,9 valores - Bom - 8 a 8,9 valores - Muito Bom - 9 a 10 valores - Excelente

Bibliografia

Barata, J. O. (1979). Didáctica do Teatro. Coimbra: Livraria Almedina.Beja, F., Topa, J. M. e Madureira, C. (s/data). Drama, pois! Jogos e projetos de expressão dramática. Porto: Porto Editora.Boal, A. (2005). Jogos para atores e não-atores. Rio de Janeiro: Civilização BrasileiraBrook, P. (2008). O espaço vazio. Lisboa: Orfeu Negro.Caldas, J. (2007). Teatro e Educação. Transgressões disciplinares. Porto: Edições Afrontamento.

Formador

Ana Maria Fernandes Cláudio

Início: 08-01-2024
Fim: 11-03-2024
Acreditação: CCPFC/ACC-116952/22
Modalidade: Curso
Pessoal: Docente
Regime: e-learning
Duração: 25 h
Local: online